Return to site

Sexagem Fetal: tudo o que você precisa saber

Saiba o que é, onde fazer, o preço, e como funciona o exame de sexagem fetal.

O exame

Segurar a ansiedade (sua e dos familiares) é uma das tarefas mais difíceis para uma futura mamãe. De todas as dúvidas e curiosidades deste momento mágico que é a gestação, saber se é menino ou menina talvez seja a maior delas.

Sexagem Fetal: menino ou menina?

Que mãe não adora pensar em cada detalhe do quarto, as roupinhas, e escolher o nome então? O exame de sexagem fetal existe para te ajudar a descobrir se seu bebê é menino ou menina logo no início da gestação, bem antes do ultrassom.

Mas será que este exame vale a pena? Como funciona, quanto custa, onde fazer? Preparamos um guia completo, com todas as informações e curiosidades para você tomar a sua decisão! Vamos lá?

Primeiro, o que é o exame de sexagem fetal?

Sexagem fetal é um exame que permite descobrir o sexo do bebê a partir de 8 semanas de gravidez, com quase 100% de acerto. Ele é feito utilizando uma amostra do seu sangue (materno) e portanto, não tem nenhum risco para você e para o seu bebê.

Normalmente o exame é realizado em laboratório, como um exame de sangue comum, mas novas tecnologias estão surgindo para tornar o exame mais prático e acessível, sendo possível fazer até mesmo em sua casa, como você verá a seguir.

Como funciona

O exame de sexagem fetal pode ser feito por qualquer gestante a partir de 8 semanas de gestação e não exige pedido médico.

Existem basicamente duas formas de se fazer o exame: o método tradicional e o de nova geração. Ambos funcionam com amostra de sangue materno, tem quase 100% de acerto, são totalmente seguros para a mamãe e o bebê, mas apresentam algumas diferenças:

Exame DNA

Método Tradicional - Preço Médio: R$400, (2017)

Oferecido por diversos laboratórios de análises clínicas (veja lista a seguir), tem um procedimento muito similar à um exame de sangue que você já está acostumada. Normalmente você deve ligar, agendar um horário e ir até o laboratório colher 1 ou 2 tubos de sangue (5ml a 20ml). Não é necessário jejum ou qualquer tipo de preparo anterior.

Na maioria das vezes o sangue passa por um processo de preparação, é congelado e enviado para um laboratório de biologia molecular centralizado nas capitais (normalmente terceirizado), onde o exame é realizado.

Esse processo pode levar de 5 a 7 dias úteis para você ter o resultado, dependendo do laboratório.

Sexagem Fetal de Nova Geração - Preço Médio: R$175, (2017)

Oferecido há quase 10 anos nos EUA, este método chega ao Brasil somente em 2017, oferecido pelo laboratório DGLab (veja disclosure no final desta página).

Com a mesma eficiência do teste tradicional, o exame utiliza somente 1 gota de sangue materno para ter o resultado. Por isso, ao invés de ir ao laboratório, você faz auto coleta em casa, muito similar ao teste de glicemia feito diariamente por diabéticos.

Para realizar o exame, você deve solicitar o kit de auto coleta no site da DGLab, coletar uma gota de sangue conforme instruções presentes no kit e enviar para a empresa pelos correios ou solicitar retirada em casa.

O resultado sai no mesmo dia ou em até 24h após o recebimento da amostra no laboratório.

Nova Geração

Coleta em casa é realizada com um furinho no dedo e colocando uma gota de sangue em um papel especial, que é enviado pelos correios ou retirado com motoboy. Mais informações em www.sexagemfetal.com.br

Onde Fazer

O exame de nova geração, por ser feito em casa e usar os Correios, está disponível em todas as cidades do Brasil. Atualmente somente a DGLab oferece este exame pelo site www.sexagemfetal.com.br

Sexagem Fetal Onde Fazer

Para facilitar a sua vida, pesquisamos também laboratórios que realizam o exame tradicional, em diversas cidades do Brasil:

Sexagem Fetal em:

Preço do exame de sexagem fetal

O preço do exame pode variar bastante de acordo com a sua cidade. Abaixo segue valores que pesquisamos com 17 laboratórios em São Paulo/SP e na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo:

Sexagem Fetal Preço
  • Sexagem fetal preço ribeirão preto: R$366,71 (média 2017)
    - Preço Mínimo: DGLab: R$149,00
    - Preço Máximo: Padrão Ribeirão: R$779,00

Quer saber a média de preços na sua cidade? Deixe nos comentários que procuramos com você.

Plano de Saúde cobre?

De modo geral, nenhum plano de saúde cobre o exame.

Entendendo a técnica do exame

Agora que você já sabe o principal (o que é, onde faz e o preço), vamos entender mais a fundo como funciona este exame e por que ele é tão preciso.

Desde o início da sua gravidez, você já se sente profundamente conectada com o seu futuro bebê e isso não é somente emocional. Em um processo natural, existe uma pequena quantidade de células e DNA do bebê que passa para a sua corrente sanguínea através da placenta. 

A partir da oitava semana, mesmo com menos de 2cm e pesando 1 grama, seu bebê já está liberando DNA suficiente em sua corrente sanguínea para que, com uma análise do seu sangue, seja possível analisar o DNA do seu bebê. Fantástico, não?

Determinando o sexo do bebê

Exame Sexagem Fetal

Geneticamente todos nós (seres humanos) apresentamos 46 cromossomos, dispostos em pares, sendo que 2 deles são responsáveis por determinar o nosso sexo: o cromossomo X e o cromossomo Y.

Para não entrarmos em uma aula de biologia, o que você precisa saber é que o cromossomo Y é o que caracteriza o sexo masculino e está presente somente em homens. Ou seja, uma mulher não apresenta este cromossomo em seu DNA.

Aqui é que a mágica do exame de sexagem fetal acontece. Lembra que explicamos que o DNA do bebê está circulando em sua corrente sanguínea? Então, se tirarmos um pouco do seu sangue (materno), analisarmos o DNA e encontrarmos o cromossomo Y, o que significa?

Sim, você está certa, que o bebê que você carrega é menino!

E se não encontrarmos o cromossomo Y? Ora, só pode ser menina!

Então, utilizando técnicas e equipamentos de biologia molecular de alta tecnologia é possível detectar o cromossomo Y e te dar um resultado com altíssima confiança.

Fatores que influenciam no resultado

PCR para Exame

Algumas condições podem afetar o resultado do exame e nestes casos você deve consultar o laboratório antes de realizar o exame:

  • Gêmeos idêntivos (univitelinos): Se forem gêmeos idênticos (univitelinos), o exame funciona normalmente, pois o DNA de ambos os bebês é idêntico. Assim, se acharmos o cromossomo Y, significa que ambos são meninos, se não, que ambos são meninas.
     
  • Gêmeos fraternos (bivitelinos): o exame de sexagem pode te dizer se pelo menos um bebê é menino ou não. A explicação é simples, no exame procuramos pelo cromossomo Y no sangue materno, porém não pode-se afirmar de qual bebê ele é. Caso não encontremos o cromossomo Y, podemos afirmar que ambos os bebês são meninas!
     
  • Transplantes ou Transfusão de Sangue: Caso você (mamãe) tenha recebido algum transplante de órgão, ossos ou transfusão de sangue de um homem, isso poderá afetar o resultado e o exame de sexagem não é recomendado.
     
  • Aborto nos últimos 3 meses: Em casos raros pode influenciar no resultado.

Exame Inconclusivo e Erros

Cerca de 5% dos exames dão como resultado inconclusivo. Se isso acontecer com o seu, provavelmente o laboratório irá solicitar um novo exame sem custo. Já erros são muito mais raros, porém a maioria dos laboratórios garante 99% de acerto, com uma margem de 1% ou menos de erros (falso positivo para meninos ou meninas).

As principais causas para isso ocorrer são as seguintes:
 

  • A  gestante ainda não está com 8 semanas: neste caso, normalmente não há DNA fetal suficiente para realizar o exame e os técnicos do laboratório irão solicitar novo exame em 1 ou 2 semanas. 
     
  • Mães com pouco DNA fetal: algumas mães possuem naturalmente pouco DNA fetal circulante no seu organismo. É muito raro acontecer, porém pode afetar o exame.
     
  • Demora para eliminar o DNA fetal de outra gestação: também muito raramente, algumas mães continuam com o DNA fetal de gestações anteriores a atual, chegando a alguns casos a anos.
     
  • Gêmeos bivitelinos com perda precoce de um óvulo: Esta é uma condição rara onde muito no início da gestação há um aborto espontâneo de um dos óvulos. Muitas vezes a mamãe não fica nem sabendo, porém o DNA do bebê perdido ainda circulará na corrente sanguínea por algumas semanas, o que pode influenciar o resultado do exame.

Vantagens e Desvantages

No final das contas, por que saber o sexo antes? Vamos lá:

Vantagens Sexagem Fetal

Vantagens:
 

- Escolher o nome (que mamãe não sonha em chamar seu bebezinho pelo nome)?

- Já começar a decoração do quartinho. Com mais tempo você economiza, pesquisa e pensa melhor em cada detalhe.

- Roupinhas. Vamos começar o enxoval já? Facilita para parentes e amigos darem presentes desde já, além de herdar aquelas roupinhas do(a) sobrinho(a)...

- Chá revelação é um dos eventos mais legais que você pode fazer na gestação!

- E talvez o principal: resolve a curiosidade de todo mundo! (agora já podem te perguntar outras coisas além do sexo e nome! rs).

Desvantagens:

- Existem pais que gostam de manter a expectativa para o nascimento...

- É um custo a mais.

E aí, vale a pena?

Agora que você já sabe tudo sobre sexagem fetal, deixe a sua opinião nos comentários!

Já fez o exame? Compartilhe com a gente sua experiência!

DISCLOSURE: O laboratório DGLab é o mantenedor do site www.sexagemfetal.com.br e deste blog. Este guia tem como finalidade ajudar gestantes a conhecer as possibilidades do exame de sexagem fetal, assim como divulgar o produto da empresa: sexagem fetal de nova geração.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly